Criado mudo

Um criado mudo é um pequeno móvel auxiliar usado para aparar objectos,[1] geralmente colocado ao lado da cama, servindo sobretudo para guardar os objectos que podem ser necessários durante a noite. É também designado de mesa de cabeceira e donzela.[2] No Diccionario brazileiro da lingua portugueza, de Antônio Joaquim de Macedo Soares, publicado em 1889, o termo criado mudo surge como sinónimo de bidé e “velador”, descrito como “móvel de quarto de dormir, colocado ao pé da cama, e sobre o qual se bota o castiçal com a vela, a caixa de fósforos, o copo de água, etc.; tem tampo de mármore, gavetinha, e duas prateleiras com porta onde se guardam urinois“. É um termo composto, derivando, por analogia, do substantivo criado, por ser um móvel auxiliar, e silencioso, ou seja, mudo.[1]. Assim como os demais móveis da casa, exemplo: guarda roupas mudo, sofá mudo. Objeto usado na decoração de  interiores do quarto para emparedar a cama, normalmente faz conjunto com a cabeceira de cama. Decerto, a produção da mesinha de cabeceira é feita normalmente em madeira mdf e pode ter acabamento espelhado ou em couro natural. A conjugação dos dois materiais no acabamento do criado mudo também é muito utilizado. Dessa maneira existem também coleções maravilhosas de puxadores que tornam a personalização de um criado mudo, uma arte cada vez mais detalhista, permitindo mil e uma combinações de materiais, com formatos e diversos tipos de acabamento. Assim mesmo, os interiores de suas as gavetas devem ser forradas e com formatos de divisórias que permitem o acondicionamento de vários tipos de utensílios pessoais e pequenas peças de roupa.

Um criado mudo é um pequeno móvel auxiliar usado para aparar objectos,[1] geralmente colocado ao lado da cama, servindo sobretudo para guardar os objectos que podem ser necessários durante a noite. É também designado de mesa de cabeceira e donzela.[2]

No Diccionario brazileiro da lingua portugueza, de Antônio Joaquim de Macedo Soares, publicado em 1889, o termo criado mudo surge como sinónimo de bidé e “velador”, descrito como “móvel de quarto de dormir, colocado ao pé da cama, e sobre o qual se bota o castiçal com a vela, a caixa de fósforos, o copo de água, etc.; tem tampo de mármore, gavetinha, e duas prateleiras com porta onde se guardam urinois“.

É um termo composto, derivando, por analogia, do substantivo criado, por ser um móvel auxiliar, e silencioso, ou seja, mudo.[1]. Assim como os demais móveis da casa, exemplo: guarda roupas mudo, sofá mudo.

Objeto usado na decoração de  interiores do quarto para emparedar a cama, normalmente faz conjunto com a cabeceira de cama.

Decerto, a produção da mesinha de cabeceira é feita normalmente em madeira mdf e pode ter acabamento espelhado ou em couro natural. A conjugação dos dois materiais no acabamento do criado mudo também é muito utilizado.

Dessa maneira existem também coleções maravilhosas de puxadores que tornam a personalização de um criado mudo, uma arte cada vez mais detalhista, permitindo mil e uma combinações de materiais, com formatos e diversos tipos de acabamento.

Assim mesmo, os interiores de suas as gavetas devem ser forradas e com formatos de divisórias que permitem o acondicionamento de vários tipos de utensílios pessoais e pequenas peças de roupa.

Scroll Up